9/11/2018 07h00 Atualizado há 2 horas

10/08/2018

Análise: vitória com sobras contra o Flu credencia Atlético-PR na briga pelo título da Sul-Americana

Furacão de Tiago Nunes repete domínio sobre o Fluminense, controla o jogo no Maracanã e mostra que não chegou por acaso na final da Sul-Americana

Análise: vitória com sobras contra o Flu credencia Atlético-PR na briga pelo título da Sul-Americana

em sustos. O Atlético-PR não sofreu, se impôs e saiu do Maracanã classificado para a final da Sul-Americana 2018. Na noite de quarta-feira, o Furacão bateu o Fluminense por 2 a 0, com gols de Nikão e Bruno Guimarães, e conseguiu a classificação inédita na competição.

Jogando com tranquilidade, o Rubro-Negro de Tiago Nunes precisou de apenas quatro minutos para mostrar porque tem a melhor campanha da Sula. Com disposição e marcação afinada, o Atlético-PR não deu chances para o Tricolor e caminha a passos firmes na disputa do título continental.

– A maneira consistente com que a equipe vem passando as fases e crescendo na competição, nos credenciou a chegar nessa final. Chegamos com méritos. Somos, das equipes brasileiras, a equipe que mais teve qualidade para isso - disse Tiago Nunes após a partida.

Depois de vencer em Curitiba por 2 a 0, o Furacão podia perder por um gol de diferença que ficava com a vaga na decisão. Mas nem por isso, a equipe abdicou do jogo, pelo contrário. A vantagem foi esquecida e o Atlético-PR apresentou seu repertório com poucos minutos de partida. Aos quatro, após bola roubada no campo de ataque do Flu, Marcelo cruzou da direita e encontrou Nikão, que bateu firme, de canhota, para abrir o placar no Maracanã – o quarto dele na Sul-Americana.

0 Comentários

Adicione um comentário

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


web rádio impacto futebol clube clube

boas festas e feliz natal e ano novo

Peça Sua Música


Anunciantes