​ 27/08/2019 23h43

10/08/2018

 O Grêmio provocou o Palmeiras nas redes sociais hoje (27), depois de vencer o adversário paulista por 2 a 1 e assegurar vaga na semifinal da Copa Libertadores da América. O clube gaúcho usou uma música da dupla Sandy & Jr., que se apresentou no Allianz Parque no último fim de semana e obrigou o time alviverde a mandar o duelo desta terça no estádio do Pacaembu. O time comandado por Renato Gaúcho usou a música "Eu acho que pirei", uma das mais famosas do repertório da dupla, para comemorar a classificação para a semifinal da Libertadores. Sandy & Junior se apresentaram sábado e domingo no Allianz Parque. Pela grande estrutura, a organização .

O time comandado por Renato Gaúcho usou a música "Eu acho que pirei", uma das mais famosas do repertório da dupla, para comemorar a classificação para a semifinal da Libertadores. Sandy & Junior se apresentaram sábado e domingo no Allianz Parque. Pela grande estrutura, a organização do estádio não conseguiria entregar o espaço a tempo para o jogo desta terça-feira.

Felipão critica erros e gols perdidos, mas defende Palmeiras: "Joga bonito".

Luiz Felipe Scolari reconhece que o Palmeiras errou demais na eliminação para o Grêmio, nas quartas de final da Copa Libertadores da América. O Verdão foi derrotado na noite de ontem (27) por 2 a 1 no Pacaembu, com falhas defensivas e gols perdidos. O técnico só não aceita que digam que o time não tem repertório ou joga feio. "Temos qualidade, estamos colocando em jogo e ela tem aparecido. Não conseguimos concluir. Não é só a qualidade, às vezes é a chance final que não aproveitamos. Eu não concordo com algumas situações, mas não discordo. O Palmeiras joga bonito, tem resultado. Hoje (ontem) foi razoável. Cada um faz a sua ideia de jogo, não vou discutir com vocês", ponderou

O treinador apresentou respostas até mais pacientes do que o usual, mas não deixou de apontar problemas na equipe. Felipão insistiu no problema gerado excesso de erros técnicos e como não funcionou a estratégia de colocar Deyverson no lugar de Willian ainda no intervalo. "Nós idealizamos uma situação que o Deyverson entraria para dificultar a bola dos dois zagueiros e teríamos uma bola aérea melhor ainda. Mas não conseguimos criar. Quando criamos, o Deyverson tinha saído um pouco para trabalhar a bola e não estava presente naqueles cruzamentos. Foi uma coisa pensada, mas não deu aquilo que imaginávamos", afirmou. A atitude dos jogadores também foi alvo de análise de Felipão. 

O comandante alviverde entende que é preciso ter uma postura mais firme e que é possível mudar isso, mas que dependeria a vontade do grupo em aprender: "Com o trabalho diário, o aprendizado que temos todos os dias, conseguimos melhorar muitas coisas. Trabalho mental, dentro do campo, claro que se consegue. Eu consigo desde que tu queiras me ajudar. Às vezes eu acho que não preciso e não aceito (a ajuda). Mas se tu entendes que precisa da minha ajuda ou da ajuda de alguém para te mostrar que aquilo está certo ou errado, vai melhorar com o teu erro ou do companheiro".

0 Comentários

Adicione um comentário

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


web rádio impacto futebol clube 90.4

campeonato e competição e aqui !

Peça Sua Música


Anunciantes