15-10-2018

10/08/2018

Aos 49 anos, Túlio Maravilha está de volta a time da terceira divisão de SP

Túlio Maravilha chegou a ser apresentado como reforço do Taboão para 2017, mas deixou o clube na ocasião sem nem mesmo entrar em campo Na equipe, Túlio deverá receber por produtividade – ou seja, a cada jogo disputado. Mas para o o dirigente, as chances são grandes de o atacante de 49 anos, que foi contratado em 2018 para defender o Atlético Carioca na quarta divisão do Rio de Janeiro, entrar em campo com regularidade

"O Túlio Maravilha é um fenômeno ainda. Fisicamente, ele é melhor que muito garoto. E está com muita vontade de fazer gols e bater o recorde, quem sabe passar o Romário", afirmou, em referência aos 1000 gols do ex-jogador de Vasco... Flamengo, Fluminense, Barcelona e PSV Eindhoven, entre outros clubes

"O Campeonato Paulista da Série A-3 é muito forte também, mais forte que muitos campeonatos de primeira divisão de outros estados. Vai ser uma oportunidade única para ele e para todos nós que gostamos do futebol irreverente. 

13-10-2018 braileirao serei a resultados finais

10/08/2018

CAMPEONATO BRASILEIRO

RODADA 29

FLAMENGO

Uribe (2), Léo Duarte
Flamengo
3
x

FLUMINENSE

Fluminense
0

CAMPEONATO BRASILEIRO

RODADA 29

SANTOS

Gabriel
Santos
1
x

CORINTHIANS

Corinthians
0

CAMPEONATO BRASILEIRO

RODADA 29

SANTOS

Gabriel
Santos
1
x

CORINTHIANS

Corinthians
0

CAMPEONATO BRASILEIRO

RODADA 29

BAHIA

Vinícius (2)
Bahia
2
x

PARANÁ

Paraná
0

12-10-2018

10/08/2018

Neymar vê injustiça com Jesus e celebra assistência: "Mais feliz do que cinco gols meus"

Atacante admite atuação aquém do esperado e diz que ainda falta mais entendimento em campo com novos jogadores.

Autor de duas assistências na vitória da seleção brasileira por 2 a 0 sobre a Arábia Saudita, Neymar se disse muito contente pelo passe para Gabriel Jesus encerrar um jejum de gols pela equipe. O camisa 9 passou em branco na Copa do Mundo e, por isso, foi alvo de muitas cobranças. Ele não marcava desde o amistoso contra a Áustria, uma semana antes do torneio.

– Fiquei muito feliz por ter dado o passe para o Gabriel Jesus. Acho que houve uma cobrança injusta em cima dele, por todo o trabalho que ele fez para nós, por tudo que foi pedido. No meu modo de ver, fizeram uma injustiça muito grande com ele. Fiquei muito mais contente por ele ter feito um gol do que se eu tivesse feito cinco – disse.

O atacante também admitiu que a Seleção não jogou um bom futebol no amistoso de Riade, disse que se cobram para melhorar, mas enalteceu a consistência da equipe.

– Não fizemos uma grande apresentação, mas fomos consistentes. Há jogos até mesmo em Copa do Mundo que têm de ser assim, você não apresenta um grande futebol, mas acaba ganhando. Sabemos do nosso potencial e que não fizemos uma boa apresentação. Nós nos cobramos muito, mas é ajustar. São muitas mudanças, falta um pouco mais de entendimento em campo. Vamos pegando a cada jogo, a cada treino.

+ Tite considera desempenho da Seleção abaixo do esperado contra a Arábia Saudita

+ Com gol em retorno à Seleção, Gabriel Jesus minimiza ausência nas últimas convocações: "O que passou, passou"

11-10-2018 esporte

10/08/2018

Com venda de Paquetá, Fla terá condições de contratar no começo da temporada, diferentemente dos anos anteriores

Lucas Paquetá ainda não assinou contrato com o Milan, é verdade, mas o acordo com o time italiano vai ser firmado ainda nesta semana. A saída do jogador vai disponibilizar ao clube a chance de fazer investimentos no começo da próxima temporada, ao contrário dos anos anteriores. Everton Ribeiro e Vitinho, por exemplo, chegaram no meio de 2017 e 2018, respectivamente. O clube rossonero vai pagar 10% do valor, algo em torno de 10 milhões de reais, quando a “canetada” for dada, e o restante do montante será pago em duas parcelas, em 2019. A primeira vai ser depositada no primeiro semestre de 2019, o que aumenta a possibilidade de fazer contratações nos primeiros meses de disputa.

O Flamengo, então, já trabalha na reposição de Paquetá e quer uma peça à altura. A ideia, inicialmente, é uma contratação internacional e de peso, algo que gere impacto nos torcedores. Os nomes já estão sendo entregues pelo scouter Sandro Orlandelli à diretoria rubro-negra. O profissional é o mesmo que presta serviço ao Manchester United, da Inglaterra, e foi contratado pelo Fla para prestar consultoria até dezembro, pelo menos.

O fato de ser ano político não interfere nessa busca por um substituto por Paquetá. A diretoria entende que o planejamento, mesmo que a atual gestão não continue, deve ser mantido. Em recente entrevista ao Coluna do Flamengo, Ricardo Lomba, atual vice de futebol e candidato da chapa da situação, disse que a diretoria buscava nomes para repor uma possível saída do camisa 11.

— Temos esses receios, mas já estamos no mercado em busca de reposição e já temos alvos possíveis para uma eventual saída dele.

Lomba concedeu entrevista ao Coluna do Flamengo na última semana (Foto: Venê Casagrande

Lucas Paquetá terá mais dez jogos com a camisa do Flamengo antes de se apresentar ao Milan, em janeiro. O meia, de 21 anos, é o artilheiro da equipe na temporada, com onze gols. No Brasileirão, o camisa 11 balançou as redes em nove oportunidades. Além da fase artilheira, o jogador é uma das principais peças do elenco por conta da versatilidade.

A venda de Paquetá se tornou a segunda maior da história do Flamengo e sexta maior do futebol brasileiro. Entre a equipe, ele ficou abaixo de Vinicius Júnior, negociado com o Real Madrid, pela quantia de 45 milhões de euros. No cenário nacional, ficou abaixo também de Neymar, Vinicius Jr, Rodrygo, Lucas Moura e Arthur.

11-10-2018 esporte

10/08/2018

Comentaristas analisam venda de Paquetá ao Milan: “O Flamengo perde sua alma”

O dia do Flamengo esteve completamente voltado à venda de Lucas Paquetá para o Milan. O camisa 11 encerrará o seu ciclo no Rubro-Negro após a disputa do Campeonato Brasileiro, na qual a equipe tem reais condições de se tornar campeã. Os comentaristas Celso Unzelte e Leonardo Bertozzi, da ESPN, opinaram sobre a negociação do jogador ao time italiano.

Unzelte comentou primeiro e foi enfático em sua análise: “Além de ser o melhor jogador 

tecnicamente, o Flamengo perde sua alma, seu dinamismo. Imagina esse time sem o Lucas Paquetá. Quem é que vai vibrar como ele em campo?” Bertozzi foi além e relembrou um lance marcante do Garoto do Ninho: “A gente começa a prestar um pouco mais de atenção nele quando teve aquele lance em que está todo mundo parado e ele correndo para todos os lados“, finalizou. O jogo mencionado por Léo Bertozzi refere-se ao embate contra o São Paulo, pelo segundo turno do Brasileiro de 2017.

Paquetá foi negociado por 35 milhões de euros – cerca de R$ 150 milhões na cotação atual –, e será apresentado ao clube ‘Rossonero‘ em janeiro. Antes disso, porém, o meia terá mais dez jogos do Brasileirão para atuar com o Manto Sagrado e tentar levar o Rubro-Negro à conquista de seu sétimo título na competição.

O camisa 11 deverá estar entre os titulares para o embate diante do Fluminense, no próximo sábado (13), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time da Gávea ocupa atualmente a terceira colocação do torneio, com 52 pontos, estando a quatro do líder Palmeiras. O clássico será disputado no Maracanã e terá bola rolando a partir das 17h (horário de Brasília).

11-10-2018 copa do brasil

10/08/2018

Corinthians joga mal em BH e sai atrás na final da Copa do Brasil

O Corinthians teve uma exibição muito ruim na noite desta quarta-feira, no Mineirão, na partida de ida da final da Copa do Brasil. Com dificuldades para criar e salvo por Cássio em algumas oportunidades, deixando o Cruzeiro ter chances claras de ampliar o marcador, o Alvinegro saiu no lucro com a derrota por 1 a 0. O único gol da partida foi marcado por Thiago Neves, nos acréscimos da etapa inicial

Com o resultado, o Corinthians, que contou com uma linda festa da torcida para se aguentar em campo. agora precisa vencer por dois gols de diferença em casa para reverter a vantagem adversária e conseguir chegar ao seu quarto título da competição. Do outro lado, os mineiros terão de empatar para segurar o resultado e conquistar o sexto troféu do torneio na sua história, sendo o segundo consecutivo. Vitória simples dos paulistas leva a decisão aos pênaltis.

O jogo da volta está marcado para o dia 17, quarta-feira da semana que vem, na Arena, em Itaquera. Antes disso, no entanto, os comandados de Jair Ventura terão pela rente um clássico contra o Santos, no sábado, no Pacaembu. Em situação incômoda no Brasileiro, o Timão não pode se dar ao luxo de abandonar o Nacional ainda que esteja às vésperas de uma decisão. A Raposa, por sua vez, visitará o Vasco, domingo, no Rio.

Thiago Neves comanda o Cruzeiro

O Corinthians entrou em campo claramente para esfriar o ritmo de jogo do habilidoso time do Cruzeiro e, ajudado pela ótima presença da sua torcida, foi capaz de passar ileso pelos primeiros 15 minutos de bola rolando. Romero, brigando sempre pela bola na ponta direita e conseguindo levar vantagem sobre Egídio, foi quem mais contribuiu para que a pressão inicial arrefecesse e os donos da casa jogassem um pouco mais atrás.

Quem não havia aparecido até aquele momento, no entanto, era o meia Thiago Neves, que resolveu dar as caras. No primeiro lance de perigo, chutou forte da entrada da área e obrigou Cássio a fazer boa defesa. Depois, em vacilo da zaga corintiana, teve espaço para ajeitar à perna direita e arriscar também da entrada da área. O goleiro corintiano escorregou e levaria o gol caso a bola não tivesse batido na trave e saído.

Sem poder contar com a precisão de Jadson, muito mal na partida, o Alvinegro passou a sofrer mais e mais com a habilidade do adversário. Às vezes os paulistas passavam do meio-campo, mas era a senha para que os anfitriões pressionassem até que a bola fosse recuada a Cássio. Em um desses lances, o goleiro foi mal e obrigou Léo Santos a parar Rafinha com falta. Na cobrança, porém, operou um milagre e corrigiu tudo.

O duelo parecia caminha para um empate sem gols no intervalo quando Henrique, livre de marcação, não conseguiu dominar uma bola simples na lateral esquerda. O erro do zagueiro fez com que o ataque cruzeirense rodasse a redonda até Egídio, que passou por Romero e cruzou na segunda trave. Thiago Neves, livre, não conseguiu cabecear forte, mas acertou o próprio Henrique e viu a bola enganar Cássio, indo para o fundo da rede.

Jogo esfria e Cruzeiro leva vantagem mínima

O Corinthians voltou para o segundo tempo sem qualquer alteração na sua formação, apostando mais na marcação adiantada para diminuir o tempo de posse de bola do adversário. Gabriel, por exemplo, subiu uma linha de marcação e posicionou-se lado a lado com Mateus Vital, puxando os companheiros para dificultar a saída de bola. Com isso, o Timão ao menos teve mais tempo perto do gol de Fábio.

Como todo bom time de Mano Menezes, porém, o time da casa também soube muito bem esperar os alvinegros, buscar uma roubada de bola e partir no contra-ataque. Com Thiago Neves e Barcos poupados na hora de acompanhar os corintianos, os mandantes quase ampliaram em rápida escapada pela direita. Robinho recebeu de Thiago e cruzou na segunda trave. Barcos ganhou de Léo Santos e tentou no contrapé de Cássio, mas mandou para fora.

Jair mexeu para dar mais habilidade ao seu meio-campo, com Pedrinho e Araos nas vagas de Clayson e Mateus Vital. O chileno conseguiu dar bom toque de bola com o companheiro, pela direita, mas nada que incomodasse muito a equipe do Cruzeiro. Foi o time da casa, aliás, que quase ampliou em uma falta cobrada por Robinho pelo lado que Dedé, absoluto pelo alto, cabeceou no canto e mandou rente à trave.

Jair ainda tentou uma última injeção de ânimo na equipe com a entrada de Emerson Sheik no lugar do apagado Jadson, pouco produtivo durante a noite. Do outro lado, Mano renovou o seu ataque com Raniel, David e Rafael Sóbis. O ímpeto final dos alvinegros pouco incomodou o Cruzeiro e ainda foi atrapalhado pelo segundo amarelo de Araos, expulso nos acréscimos para fechar a má apresentação corintiana.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 x 0 CORINTHIANS

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 10 de outubro de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO)
Público: 53.368 total (46.308 pagantes)
Renda: R$ 4.169.226,50
Cartões amarelos: Thiago Neves, Henrique e Egídio (Cruzeiro); Léo Santos, Araos e Jadson (Corinthians)
Cartão vermelho: Araos (Corinthians)

GOLS:
Cruzeiro
: Thiago Neves, aos 46 minutos do primeiro tempo

CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Rafinha (Rafael Sóbis), Thiago Neves (David) e Robinho; Barcos (Raniel)
Técnico: Mano Menezes

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Gabriel, Mateus Vital (Araos) e Jadson (Emerson Sheik); Clayson (Pedrinho) e Romero
Técnico: Jair Ventura

10-10-2018 esporte

10/08/2018

Com venda de Paquetá, Fla chega a R$ 405 milhões de faturamento com joias nos últimos anos

Os chamados “Garotos do Ninho” nunca deram tanto retorno financeiro ao Flamengo como vêm dando nos últimos anos. Caso se confirme a venda de Lucas Paquetá ao Milan, o clube terá arrecadado R$ 405 milhões com os jogadores criados nas categorias de base, nos últimos anos.

Vinícius Júnior foi quem mais contribuiu para o clube chegar a esse grande valor, já que foi vendido por 45 milhões de euros (cerca de R$ 165 milhões) para o Real Madrid. Na lista, ainda estão o lateral esquerdo Jorge (9 milhões de euros) e o atacante Felipe Vizeu (5 milhões de euros).

Hoje na equipe do Flamengo, ainda há o zagueiro Léo Duarte, que já chegou a ser citado na Itália. Outro que já teve o nome ligado à equipes europeias, é o jovem atacante Lincoln, de apenas 17 anos, que sequer é titular na equipe de Dorival Junior que briga pelo título brasileiro.

10-10-2018 esporte

10/08/2018

Lucas Paquetá será a sexta maior venda da história do futebol brasileiro

Apenas exames médicos separam Lucas Paquetá do Milan. O meio-campista do Flamengo será negociado por 35 milhões de euros (cerca de R$ 151 milhões). Com isso, o jovem entrará na lista das maiores vendas já feitas por clubes brasileiros. Em caso de confirmação, ele ficaria na 6ª colocação no ranking.

Pensando só em Flamengo, o meia de 21 anos ficaria atrás apenas de Vinicius Júnior, que foi para o Real Madrid por 45 milhões de euros (cerca de R$ 165 milhões na cotação da época). Os outros nomes à frente de Paquetá são Neymar, Rodrygo, Lucas Moura e Arthur.

Confira abaixo o top 10 das maiores vendas da história do futebol brasileiro:

1 – Neymar (do Santos para o Barcelona por 86 milhões de euros)*

2 – Vinicius Júnior (do Flamengo para o Real Madrid por 45 milhões de euros)

2 – Rodrygo (do Santos para o Real Madrid por 45 milhões de euros)

4 – Lucas Moura (do São Paulo para o PSG por 43 milhões de euros)

5 – Arthur (do Grêmio para o Barcelona por 40 milhões de euros)

6 – Lucas Paquetá (do Flamengo para o Milan por 35 milhões de euros)

7 – Gabriel Jesus (do Palmeiras para o Manchester City por 32,75 milhões de euros)

8 – Oscar (do Internacional para o Chelsea por 31,9 milhões de euros)

9 – Denílson (do São Paulo para o Betis por 31,5 milhões de euros)

10 – Gabriel Barbosa (do Santos para a Inter de Milão por 29,5 milhões de euros)

10-10-2018 noticias flamengo

10/08/2018

Flamengo rejeita proposta milionária por direitos de transmissão no exterior

A partir da temporada de 2019, o Campeonato Brasileiro será exibido para o exterior via aplicativo. A ferramenta se chamará Fanfoot, e o objetivo é se tornar uma espécie de “Netflix do futebol”. No entanto, o Flamengo não estará incluso. Ao lado do Atlético-PR, o Rubro-Negro recusou a oferta de R$ 550 milhões (R$ 137,5 milhões por temporada),

 Do valor total oferecido, R$ 27,5 milhões seriam pelas transmissões dos jogos em si. Os outros R$ 110 milhões anuais seriam obtidos através das placas de publicidade dos estádios, já que o contrato previa que os clubes tivessem o direito de negociar. O Corinthians, por exemplo, já possui acordo para as placas e, por isso, abriu mão desse adendo.

A promessa feita pelas empresas Fan Hero e BR Foot Sports Media, é de que os espectadores poderão interagir uns com os outros durante os jogos por meio de um chat, além de outras ações de interatividade. Além disso, até agora o Brasileirão é o único cliente da nova plataforma de transmissões.

10-10-2018 noticias flamengo

10/08/2018

Com setor esgotado, Fla divulga nova parcial de ingressos vendidos para o clássico



Confira os preços:

Norte (esgotado)

– Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$10,00

– Sócio-torcedor do plano Onde estiver (Tradição): R$20,00

– Sócio-torcedor do plano Nação Jr. e Público Geral: R$40,00 (meia R$20,00)

Leste Superior

– Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$12,00

Confira os preços:

Norte (esgotado)

– Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$10,00

– Sócio-torcedor do plano Onde estiver (Tradição): R$20,00

– Sócio-torcedor do plano Nação Jr. e Público Geral: R$40,00 (meia R$20,00)

Leste Superior

– Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$12,00

– Sócio-torcedor do plano Onde estiver (Tradição): R$25,00

– Sócio-torcedor do plano Nação Jr. e Público Geral: R$50,00 (meia R$25,00)

Leste Inferior

– Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$15,00

– Sócio-torcedor do plano Onde estiver (Tradição): R$30,00

– Sócio-torcedor do plano Nação Jr. e Público Geral: R$60,00 (meia R$30,00)

Oeste Inferior

– Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$15,00

– Sócio-torcedor do plano Onde estiver (Tradição): R$30,00

– Sócio-torcedor do plano Nação Jr. e Público Geral: R$60,00 (meia R$30,00)

Maracanã Mais

– Sócio-torcedor dos planos Raça e superiores: R$115,00

– Sócio-torcedor do plano Onde estiver (Tradição): R$145,00

– Sócio-torcedor do plano Nação Jr. e Público Geral: R$225,00 (meia R$145,00)

10-10-2018 esporte

10/08/2018

Everton sofre nova lesão e desfalca o São Paulo nos próximos jogos

O meia-atacante Everton sofreu um novo estiramento no músculo posterior da coxa esquerda e desfalcará o São Paulo nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro. A lesão ocorreu durante a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, no último sábado, no Morumbi, onde foi acionado no segundo tempo da partida.

Em seu comunicado oficial, o clube não estima um prazo de retorno, mas a avaliação é de que ele precisará de ao menos três semanas para se recuperar. Sendo assim, o camisa 22 certamente desfalcará o time nos jogos contra o Internacional (14/10), Atlético-PR (20) e Vitória (26). Numa previsão otimista, um possível retorno ocorreria diante do Flamengo, no dia 3 de novembro, pela 32ª rodada do Brasileiro.

De acordo com o São Paulo, Everton se reapresentou no último domingo, dia de folga do elenco, para iniciar o tratamento com a fisioterapia. Após algumas sessões e trote no gramado, o jogador seguiu sentindo dores e foi submetido nesta manhã a um exame de ultrassonografia, que detectou a nova lesão.

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


24 horas

segunda a domingo

Peça Sua Música

peça musica no programa manhã de sucesso a parti das 10 de segunda a sexta


Anunciantes