Data de publicação: 28 de Agosto de 2019, 11:00h

10/08/2018

Brasil fica em 3º lugar geral na WorldSkills 2019, maior competição de educação profissional do mundo

Delegação brasileira conquista 13 medalhas e certificados de excelência em 28 ocupações

O Brasil conquistou, nesta terça-feira (27), o terceiro lugar na 45ª edição WorldSkills, a olimpíada mundial de educação técnica. Depois de quatro dias de disputas, a competição realizada em Kazan, na Rússia, terminou com a conquista de 13 medalhas e o reconhecimento do Brasil como um dos países com a melhor educação profissional do mundo.

Além de duas medalhas de ouro, cinco de prata e seis de bronze, a delegação brasileira também ganhou certificados de excelência em 28 ocupações, nas quais os competidores ficaram acima da nota média dos concorrentes.

Paulo Vitor Fratta, de 19 anos, é estudante em São Paulo, e foi um dos 63 jovens que compôs a delegação brasileira na disputa. Ele levou o ouro na categoria “Manutenção de Veículos Pesados” e conta que a jornada até a Rússia foi desafiadora. Para Paulo, o prêmio tem um significado especial. “Essa medalha representa muitas pessoas, a gente não está nesse pódio sozinho. O Brasil inteiro ganhou uma medalha de ouro”, comemora ele.

Ao todo, o torneio contou com a participação de 354 jovens de 63 países. A China, que sediará a próxima WorldSkills em 2021, na cidade de Xangai, veio com força e conquistou o primeiro lugar no ranking de pontos totais. Já a Rússia, que neste ano foi anfitriã do torneio, ficou em segundo lugar no pódio.

O terceiro lugar da delegação brasileira reforçou a imagem do país entre as equipes mais vitoriosas da competição. Isso porque o Brasil foi o grande campeão quando o evento ocorreu em São Paulo, em 2015, pela primeira vez em um país da América Latina. Na última edição, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, os brasileiros alcançaram o segundo lugar.

“O resultado, para o Brasil, demonstra o alto nível de excelência da educação profissional brasileira. Além do número de medalhas, o padrão de qualidade que nós demonstramos, nesta edição, em Kazan, mostra que em 73% das ocupações, o Brasil estabeleceu um padrão de excelência. Ou seja, a cada quatro competidores brasileiros, três têm referência da WorldSkills, o que é muito bom, o que nos coloca entre os melhores do mundo”, avalia o diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi, que é o delegado brasileiro na organização internacional.

A WorldSkills é o maior torneio de educação profissional do planeta. A cada dois anos, jovens de até 22 anos disputam medalhas de ouro, prata e bronze em um país diferente. Cada ocupação tem provas específicas, nas quais os competidores precisam demonstrar habilidades individuais e coletivas e realizar provas em padrões internacionais de qualidade. 

​ 27/08/2019 23h43

10/08/2018

 O Grêmio provocou o Palmeiras nas redes sociais hoje (27), depois de vencer o adversário paulista por 2 a 1 e assegurar vaga na semifinal da Copa Libertadores da América. O clube gaúcho usou uma música da dupla Sandy & Jr., que se apresentou no Allianz Parque no último fim de semana e obrigou o time alviverde a mandar o duelo desta terça no estádio do Pacaembu. O time comandado por Renato Gaúcho usou a música "Eu acho que pirei", uma das mais famosas do repertório da dupla, para comemorar a classificação para a semifinal da Libertadores. Sandy & Junior se apresentaram sábado e domingo no Allianz Parque. Pela grande estrutura, a organização .

O time comandado por Renato Gaúcho usou a música "Eu acho que pirei", uma das mais famosas do repertório da dupla, para comemorar a classificação para a semifinal da Libertadores. Sandy & Junior se apresentaram sábado e domingo no Allianz Parque. Pela grande estrutura, a organização do estádio não conseguiria entregar o espaço a tempo para o jogo desta terça-feira.

Felipão critica erros e gols perdidos, mas defende Palmeiras: "Joga bonito".

Luiz Felipe Scolari reconhece que o Palmeiras errou demais na eliminação para o Grêmio, nas quartas de final da Copa Libertadores da América. O Verdão foi derrotado na noite de ontem (27) por 2 a 1 no Pacaembu, com falhas defensivas e gols perdidos. O técnico só não aceita que digam que o time não tem repertório ou joga feio. "Temos qualidade, estamos colocando em jogo e ela tem aparecido. Não conseguimos concluir. Não é só a qualidade, às vezes é a chance final que não aproveitamos. Eu não concordo com algumas situações, mas não discordo. O Palmeiras joga bonito, tem resultado. Hoje (ontem) foi razoável. Cada um faz a sua ideia de jogo, não vou discutir com vocês", ponderou

O treinador apresentou respostas até mais pacientes do que o usual, mas não deixou de apontar problemas na equipe. Felipão insistiu no problema gerado excesso de erros técnicos e como não funcionou a estratégia de colocar Deyverson no lugar de Willian ainda no intervalo. "Nós idealizamos uma situação que o Deyverson entraria para dificultar a bola dos dois zagueiros e teríamos uma bola aérea melhor ainda. Mas não conseguimos criar. Quando criamos, o Deyverson tinha saído um pouco para trabalhar a bola e não estava presente naqueles cruzamentos. Foi uma coisa pensada, mas não deu aquilo que imaginávamos", afirmou. A atitude dos jogadores também foi alvo de análise de Felipão. 

O comandante alviverde entende que é preciso ter uma postura mais firme e que é possível mudar isso, mas que dependeria a vontade do grupo em aprender: "Com o trabalho diário, o aprendizado que temos todos os dias, conseguimos melhorar muitas coisas. Trabalho mental, dentro do campo, claro que se consegue. Eu consigo desde que tu queiras me ajudar. Às vezes eu acho que não preciso e não aceito (a ajuda). Mas se tu entendes que precisa da minha ajuda ou da ajuda de alguém para te mostrar que aquilo está certo ou errado, vai melhorar com o teu erro ou do companheiro".

Data de publicação: 27 de Agosto de 2019, 10:06h

10/08/2018

LIBERTADORES: Palmeiras e Grêmio definem primeiro classificado para as semifinais

Graças a vitória no jogo de ida, Verdão tem a vantagem do empate sem gols

Se a Libertadores fosse uma receita, na noite desta terça (27) o prato teria
ingredientes tipicamente brasileiros. Palmeiras e Grêmio jogam no estádio do Pacaembu pelo jogo de volta das quartas de final do campeonato continental.

E o Verdão está em vantagem. Além de jogar em casa na partida desta terça, a equipe comandada por Felipão deu um passo importante ao vencer o jogo de ida por um a zero. Com o resultado conquistado fora de casa, o Palmeiras tem a vantagem do empate para este novo compromisso. Porém, o treinador alviverde não poderá contar com uma peça chave do time titular. O volante Felipe Melo foi expulso no primeiro embate e não entra em campo. A tendência é de que Thiago Santos seja o substituto para o confronto desta noite.

Do lado gremista a situação não está fácil, mas nem tudo está perdido. Para conseguir avançar para as semifinais no tempo normal, a equipe gaúcha terá que vencer por dois gols de diferença. Renato Portaluppi deve ter a disposição todos os seus jogadores, e provavelmente, repetirá a escalação que jogou o primeiro encontro entre as equipes nesta Liberta.

Também terá compromisso pela Sul-Americana. O Atlético Mineiro vai até a Colômbia fazer a segunda partida contra o La Equidad pelas quartas de final. O Galo venceu o jogo de ida por dois a um, e agora, tem a vantagem do empate para ficar com a classificação.

A bola rola para os dois compromissos à partir das 21h30, horário de Brasília.

Nesta segunda teve bola rolando pelo campeonato Brasileiro. Botafogo e Chapecoense entraram em campo no Engenhão pela 16ª rodada e não saíram do zero a zero. Com o placar, as duas equipes não alteraram suas posições na tabela. O Fogão se manteve no nono lugar enquanto a Chape continua presa na zona do rebaixamento, na 17ª posição.

Data de publicação: 28 de Agosto de 2019, 10:02h

10/08/2018

LIBERTADORES: Grêmio sai atrás, vira e elimina Palmeiras no Pacaembu

Tricolor viu Luiz Adriano abrir o placar para o Verdão, mas Everton e Alisson reverteram ainda na primeira etapa

Créditos: Lucas Uebel - Grêmio FBPA

Terça-feira tranquila e sem emoção? Não para quem acompanhou a rodada de futebol no início desta semana.

Em um dos duelos brasileiros por uma vaga na semifinal da Libertadores, o Grêmio justificou a tradição conquistada com os três títulos da competição. O tricolor gaúcho correu atrás do placar, virou e eliminou o Palmeiras em São Paulo.

O Verdão tinha a vantagem do empate, por conta da vitória na partida de ida por um a zero. A equipe paulista jogou no Pacaembu por conta dos shows da dupla Sandy e Junior. Mesmo assim, o Palmeiras levou mais de 36 mil torcedores para empurrar o time. Logo aos dez minutos, deu certo. Após escanteio, Paulo Victor saiu mal, a bola sobrou para Luiz Adriano que marcou o primeiro dele com a camisa Palestrina.

A vantagem parecia suficiente para garantir a classificação. Mas quando o assunto é Liberta, não existem garantias. Aos 17, Everton Cebolinha apareceu e quase sem ângulo fez o de empate. O Verdão sentiu o golpe, e o Grêmio, aproveitando-se da instabilidade, tratou de marcar outro em menos de cinco minutos. Cebolinha fez jogada individual e saiu na dividida com o goleiro Weverton. A bola sobrou para Alisson, que com um toque de primeira, fez o gol da virada e da classificação. Final, Palmeiras um, Grêmio dois.

Com o critério do gol fora de casa como fator de desempate, o Tricolor Imortal é o primeiro semifinalista da Liberta deste ano.

Outra equipe que entrou em campo nesta terça foi o Atlético Mineiro , que foi até a Colômbia jogar contra o time do La Equidad pela Sul-Americana. Com a vantagem conquistada no jogo de ida, após vitória por dois a um, a equipe mineira precisava de apenas um empate para passar para as semifinais. Mas não se apegou a isso e tratou de garantir outro triunfo para avançar. Três a um para o Galo em cima do time colombiano. Réver, Elias e Chára fizeram os gols da classificação.

E nesta quarta-feira (28) o clima vai continuar quente. Isso porque Internacional e Flamengo medem forças por uma vaga na semifinal da Libertadores. O Mengão venceu o primeiro compromisso por dois a zero, o que dá a vantagem de perder por um gol de diferença, que mesmo assim, garante vaga. Ao Colorado, apenas uma vitória por três gols de diferença no tempo normal para carimbar a classificação. A expectativa é de um Beira-Rio lotado. Mais de 48 mil ingressos foram vendidos antecipadamente para o confronto. A bola rola à partir das 21h30, horário de Brasília.

Publicado às 10:51 de 28/08/19

10/08/2018

Inter x Flamengo: tudo o que você precisa saber sobre o jogo de volta das quartas da Libertadores

Veja escalações, desfalques, pendurados, arbitragem 

É noite de clássico brasileiro para definir o outro representante do país na semifinal da Libertadores. Inter e Flamengo voltam a se enfrentar às 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira, no Beira-Rio, para saber quem vai enfrentar o Grêmio, que eliminou o Palmeiras, e seguir sonhando com o título.

O Rubro-Negro tem a vantagem por ter vencido o jogo de ida por 2 a 0, no Maracanã, com dois gols de Bruno Henrique, para seguir em busca do bi. Por sua vez, o Inter conta com a força do Beira-Rio para tentar reverter o placar e manter o sonho do tri. Com ingressos esgotados, a expectativa é de 48 mil torcedores nas arquibancadas.

Após a vitória no primeiro jogo, o Flamengo joga por um empate ou qualquer derrota por um gol de diferença. Já o Inter precisa vencer por três gols para ir à semifinal no tempo normal. Uma vitória gaúcha por 2 a 0 leva a decisão aos pênaltis. Vale lembrar: gol marcado fora de casa vale como critério de desempate.

Inter: técnico - Odair Hellmann

O técnico colorado deve repetir a escalação do jogo de ida, no Maracanã. Rafael Sobis se recuperou de desconforto muscular, treinou nos últimos dias e a tendência é que seja mantido no time titular. A menos que Odair opte por uma nova formação para tentar surpreender o Flamengo. Nesse caso, Wellington Silva é alternativa. Ex-rubro-negro, Guerrero é a esperança de gol.

Escalação provável do Inter contra o Flamengo — Foto: GloboEsporte.com

Quem está fora: Rodrigo Dourado (lesão no joelho).

Pendurados: Paolo Guerrero.

Flamengo: técnico - Jorge Jesus

Sem Willian Arão, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Jesus não poderá repetir a escalação do jogo de ida e faz mistério: o time ficou isolado em Viamão e realizou só treinos fechados em solo gaúcho. Mas a tendência é que a formação do 2 a 0 no Maracanã não mude muito. A principal dúvida está no meio de campo, se Cuéllar, reintegrado após ser afastado, joga ou não.

Provável escalação do Flamengo contra o Inter — Foto: GloboEsporte.com

Quem está fora: Diego e Lincoln (machucados) e Willian Arão (suspenso).

Pendurados: Bruno Henrique.

O árbitro Patrício Loustau comanda a partida, auxiliado por Juan Pablo Belatti e Gabriel Chade. O responsável pelo VAR será Fernando Rapallini. Todos são da Argentina

Data de publicação: 27 de Agosto de 2019, 10:06h

10/08/2018

LIBERTADORES: Palmeiras e Grêmio definem primeiro classificado para as semifinais

Graças a vitória no jogo de ida, Verdão tem a vantagem do empate sem gols

Créditos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Se a Libertadores fosse uma receita, na noite desta terça (27) o prato teria
ingredientes tipicamente brasileiros. Palmeiras e Grêmio jogam no estádio do Pacaembu pelo jogo de volta das quartas de final do campeonato continental.

E o Verdão está em vantagem. Além de jogar em casa na partida desta terça, a equipe comandada por Felipão deu um passo importante ao vencer o jogo de ida por um a zero. Com o resultado conquistado fora de casa, o Palmeiras tem a vantagem do empate para este novo compromisso. Porém, o treinador alviverde não poderá contar com uma peça chave do time titular. O volante Felipe Melo foi expulso no primeiro embate e não entra em campo. A tendência é de que Thiago Santos seja o substituto para o confronto desta noite.

Do lado gremista a situação não está fácil, mas nem tudo está perdido. Para conseguir avançar para as semifinais no tempo normal, a equipe gaúcha terá que vencer por dois gols de diferença. Renato Portaluppi deve ter a disposição todos os seus jogadores, e provavelmente, repetirá a escalação que jogou o primeiro encontro entre as equipes nesta Liberta.

Também terá compromisso pela Sul-Americana. O Atlético Mineiro vai até a Colômbia fazer a segunda partida contra o La Equidad pelas quartas de final. O Galo venceu o jogo de ida por dois a um, e agora, tem a vantagem do empate para ficar com a classificação.

A bola rola para os dois compromissos à partir das 21h30, horário de Brasília.

Nesta segunda teve bola rolando pelo campeonato Brasileiro. Botafogo e Chapecoense entraram em campo no Engenhão pela 16ª rodada e não saíram do zero a zero. Com o placar, as duas equipes não alteraram suas posições na tabela. O Fogão se manteve no nono lugar enquanto a Chape continua presa na zona do rebaixamento, na 17ª posição.

Data de publicação: 23 de Agosto de 2019, 09:57h

10/08/2018

SUL-AMERICANA: Timão e Flu ficam no zero a zero

Decisão da vaga para semi fica para jogo de volta

Créditos: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Uma partida na noite desta quinta-feira (22) fechou a rodada de compromissos internacionais dos clubes brasileiros.

Em Itaquera, Corinthians e Fluminense se enfrentaram na partida de ida das quartas de final da Sul-Americana, mas não saíram do zero a zero. Em partida disputada, o Timão foi para cima como costuma fazer com os adversários em seu estádio. Apesar da iniciativa, a equipe paulista não conseguiu furar a boa zaga do Tricolor, que só conseguiu manter o placar intacto graças à ótima partida de Muriel, que defendeu até pensamento.

Com o resultado, quem vencer o próximo jogo fica com a vaga nas semifinais do torneio continental. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, dia 29, às 21h30, horário de Brasília.

Data de publicação: 26 de Agosto de 2019, 10:40h

10/08/2018

BRASILEIRÃO: Arrascaeta faz golaço de bicicleta e Fla assume liderança

Peixe vacila em casa, cede empate para o Fortaleza e cai para o segundo lugar

Créditos: Alexandre Vidal / Flamengo

É emoção em dose extra se o assunto for Campeonato Brasileiro. Nesse fim de semana oito partidas validas pela 16ª rodada mexeram com a tabela de classificação.

E tem líder novo na parada. Sem dar chance para o azar, o Flamengo foi até o Castelão enfrentar o Ceará e venceu com propriedade para assumir a primeira posição do torneio. O zagueiro Pablo Marí abriu o placar para o Rubro Negro aos 21 da primeira etapa em jogada trabalhada após escanteio.

Em outra boa jogada, dessa vez aos 35, o artilheiro Gabigol ampliou para o time carioca. Esse foi o 12º segundo gol do atacante no campeonato brasileiro, artilheiro isolado.

Na segunda etapa o time comandado por Jorge Jesus administrou a vantagem sem deixar de atacar o adversário. O Vozão, por sua vez, se limitava a chutes de fora da área e cruzamentos. No último lance da partida, uma pintura. Rafinha cruzou na área e Arrascaeta completou com um bicicleta incrível que fechou o placar. Final, Ceará zero, Flamengo três. O resultado botou o Fla na liderança da tabela, enquanto o Ceará caiu duas posições e agora é o 13º.

E o Fla só assumiu a liderança porque o Santos deu um vacilo enorme. Jogando em casa, o Peixe recebeu o Fortaleza e começou imperdoável. Logo no primeiro ataque Marinho abriu o placar. Por volta dos 10 minutos foi a vez de Jorge, lateral convocado para a seleção, acertar um chutaço de primeira e fazer a alegria santista. Antes do intervalo, Eduardo Sasha fez o terceiro do time da casa.

O jogo parecia liquidado, mas aí veio o segundo tempo e a reação do Leão do Pici. Aguilar fez pênalti em Edinho aos 14. Wellington Paulista fez e diminuiu. Aos 22, Carlinhos tocou para o atacante, que fez o segundo dele e do Fortaleza. O Santos tentava reagir, mas errava passe simples. O castigo final veio no último lance da partida, Tinga fez o terceiro do Tricolor e decretou o empate na Vila. Final, Santos três, Fortaleza três. O Peixe agora tem os mesmos 33 pontos que o Flamengo, mas fica na segunda posição por conta da quantidade de gols marcados. O Fortaleza está em 15º lugar.

Outra equipe que fez a festa do torcedor foi o Vasco. O Gigante da Colina recebeu o São Paulo em casa e venceu por dois a zero. Talles e Felipe Bastos fizeram os gols da vitória. O resultado fez o Vascão se afastar da zona do rebaixamento, e agora ocupa a 14ª posição. Apesar da derrota, o Tricolor Paulista ainda está em quarto lugar.

O Goiás jogou em casa e venceu o Internacional, reagindo na competição e quebrando a sequência sem vitórias. Dois a um para o Esmeraldino que está em 11º. O Colorado é o sétimo colocado.

Em Santa Catarina, o lanterna Avaí e o Corinthians, em quinto, empataram em um a um, mesmo placar do duelo entre CSA e Cruzeiro. A equipe alagoana é a penúltima, enquanto a Raposa é a 16ª na tabela.

Com o time reserva, o Grêmio derrotou o Athletico Paranaense por dois a um em Porto Alegre. O Tricolor Gaúcho está na 12ª posição, enquanto o Furacão é o nono.

Surpresa no Independência. O Bahia foi até Minas Gerais e venceu o Atlético Mineiro por um a zero, gol de Gilberto. O resultado deu ao Bahia o oitavo lugar, enquanto o Galo caiu uma posição e é o atual sexto colocado.

Uma partida fecha parcialmente a rodada nesta segunda feira (26) . O décimo colocado, Botafogo, pega a Chapecoense, em 17º, no Engenhão. A bola rola à partir das oito da noite, horário de Brasília.

Data de publicação: 23 de Agosto de 2019, 17:42h

10/08/2018

BRASILEIRÃO: Fla e São Paulo 'secam' líder Santos em busca da liderança

Peixe pega o Fortaleza na Vila Belmiro, enquanto Tricolor e Mengão jogam fora de casa

Créditos: Alexandre Vidal/ Flamengo

O Brasileirão ganha mais um capítulo neste fim de semana, com a 16ª rodada. No sábado (23), às onze da manhã, o quinto colocado Atlético Mineiro enfrenta o Bahia, na décima posição, no Independência.

Sem saber o que é vencer há cinco jogos, o 13º colocado Grêmio tenta espantar a má fase diante do Athletico Paranaense, rival na semi da Copa do Brasil. O Furacão ocupa o oitavo lugar.

No domingo, o líder Santos entra em campo para pegar o Fortaleza, 14º colocado. Jogando em casa, o Peixe joga para se manter na ponta da tabela.

Quem vai ficar de olho no jogo do líder é o São Paulo. O Tricolor, que está na quarta posição com os mesmos 30 pontos de Fla e Palmeiras, vai até o Rio de Janeiro enfrentar o Vasco, 15º na tabela.

Vice-líder do Brasileirão, o Mengão vai até o Castelão jogar contra o Ceará, que ocupa a 11ª posição. O técnico Jorge Jesus indicou que deve poupar alguns jogadores, visando o jogo de volta das quartas de final da Libertadores.

Despencando na tabela, o Goiás quer quebrar a sequência sem vitórias, mas vai ter que vencer o Internacional. O Colorado deve jogar com o time reserva por conta da Libertadores. O Esmeraldino é o 12º na classificação, enquanto os gaúchos estão em sétimo.

Única equipe que ainda não sabe o que é vencer neste Brasileirão, o lanterna Avaí joga diante de seu torcedor contra o embalado Corinthians. O Timão está em sexto lugar e quer encostar de vez no pelotão de cima.

Fechando a série de jogos, duelo pela parte de baixo da tabela. O CSA, penúltimo colocado, joga contra o Cruzeiro, 16º, que está três pontos à frente da equipe alagoana.

Data de publicação: 07 de Agosto de 2019, 10:46h

10/08/2018
Créditos: Lucas Figueiredo - CBF

Mais um capítulo na luta por um dos torneios mais disputados do nosso calendário. Nesta quarta-feira (7), Cruzeiro e Internacional fazem a partida de ida pelas semifinais de final da Copa do Brasil.

E a realidade das duas equipes é bem diferente nessa altura da temporada. A situação do time celeste não é nada boa. Apesar de estar nas semis da Copa do Brasil, o maior campeão do torneio está muito abaixo do que a torcida espera do plantel. No Brasileirão, o Cruzeiro não vence há 10 rodadas, e nos últimos 17 compromissos apenas uma vitória, para piorar, o time não marca um gol há sete jogos. A crise atual fez com que o técnico Mano Menezes colocasse o cargo à disposição da diretoria após perder para o Atlético Mineiro na última rodada. O time deu adeus à Libertadores depois de ser derrotado nos pênaltis para o River Plate. A tradição vencedora na Copa do Brasil dá esperanças ao torcedor.

Do lado do Internacional o cenário é mais otimista. O Colorado, junto com o rival Grêmio, são as duas únicas equipes do país que ainda competem em três campeonatos diferentes. O Inter está nas quartas da Libertadores, após eliminar o Nacional do Uruguai e no campeonato Brasileiro ocupa a sexta posição. O técnico Odair Hellman não poderá contar com o experiente D’Alessandro, suspenso. No lugar do argentino deve entrar Rafael Sóbis.

A bola rola para Cruzeiro e Internacional no Mineirão à partir das nove e meia da noite.

Mais cedo, às sete e quinze da noite, uma partida pelo Brasileirão. Em jogo atrasado da sétima rodada, Corinthians e Goiás se enfrentam em Itaquera. O Timão é o sétimo colocado na tabela, se vencer, pode subir para o quinto lugar e tomar a posição do rival, São Paulo. Já o Goiás entra em campo precisando se afirmar. O Esmeraldino, 12º colocado, vem de uma derrota dolorida diante do Santos na última rodada, seis a um na Vila Belmiro para o atual líder. A derrota fez com que Claudinei Oliveira fosse demitido. É vencer para mudar a realidade.

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


web rádio impacto futebol clube 90.4

campeonato e competição e aqui !

Peça Sua Música


Anunciantes